Mó | fisioterapia

11 3562-0991 | 3562-2291 | Whatsapp: 11 97458-0531

7757-SP CREFITO-3/50691-F

Cervical Artery Dissection. A Comparison Of Highly Dynamic Mechanisms: Manipulation Versus Motor Vehicle Collision

Dissecção da artéria cervical. Uma comparação entre mecanismos altamente dinâmicos: Manipulação VERSUS Colisão de veículos

sexta-feira, 4 de abril de 2014 - Por Michael Haneline, DC, MPH,a and John Triano, DC, PhDb

Dissecção da artéria cervical. Uma comparação entre mecanismos altamente dinâmicos: Manipulação VERSUS Colisão de veículos

O artigo estudado tem como principal objetivo analisar as semelhanças e as diferenças entre a Quiropraxia (terapia manipulativa) e o movimento chicote, gerado pela aceleração da cabeça de forma inesperada (whiplash), relacionando assim com um tipo de lesão, chamado de “dissecção da artéria cervical (CAD)”.

A fisiopatologia do CAD, segundo o artigo em questão, diz que a dissecção dessa artéria, ou seja a lesão, pode ser proveniente, de alguma alteração anatômica que o individuo apresenta juntamente aos movimentos comuns da cabeça, como inclinação lateral, extensão, flexão, rotação, porém repetitivos e portanto gerando tensão sobre a artéria, de forma que esta sofresse compressão, diminuindo o fluxo sanguíneo e podendo gerar uma isquemia (ausência de fluxo sanguíneo) e/ou gerando uma ruptura da artéria (dissecção).

O mecanismo de lesão pode estar ligado também ao movimento chicote (whiplash), onde há uma flexão da cervical alta e uma hiperextensão da cervical baixa, em que ocorre uma colisão de veículos e que nesse momento, a cabeça ainda em movimento, tem um pico de aceleração súbita e assim causando a dissecção do CAD. O wiplash está intimamente ligado à terapia manipulativa, a quiropraxia, porque apresenta o mesmo mecanismo de lesão, em que o movimento e/ou aceleração apresenta um pico elevado sobre a articulação, de forma que esse esforço também fosse inesperado, diminuindo a ação dos músculos que estabilizam a região cervical do corpo, aumentando o risco de gerar o CAD.

Portanto, foi possível concluir, segundo o artigo estudado, que a lesão conhecida como CAD (dissecção da artéria cervical), pode ser gerada através do movimento chicote (whiplash) ou pela terapia manipulativa (quiropraxia), já que os dois mecanismos são parecidos, em que há uma aceleração súbita e inesperada da cabeça e segmento cervical, sendo possível também uma lesão gerada por alguma alteração anatômica relacionada aos movimentos repetitivos, porém comuns da cabeça. Dessa forma, se o individuo não tiver predisposição para ter a lesão e se for submetido à quiropraxia pode realizá-la normalmente, da mesma forma que o “efeito whiplash” pode gerar um CAD ou não sobre um individuo.

Confira o artigo completo no link abaixo:

Download PDF
« Voltar