Mó | fisioterapia

11 3562-0991 | 3562-2291 | Whatsapp: 11 97458-0531

7757-SP CREFITO-3/50691-F

Saiba tudo sobre a drenagem linfática de alta pressão

quinta-feira, 30 de abril de 2015 - Por Mó Fisioterapia

Saiba tudo sobre a drenagem linfática de alta pressão

A drenagem linfática ganhou ingredientes modernos, tecnologia avançada e upgrade de outras técnicas para combater a celulite. Fique por dentro das inovações e veja qual o tipo de drenagem é melhor e quais benefícios você pode esperar desta prática.

Mas, de fato, o que é a drenagem linfática de alta pressão?

De modo geral, a drenagem linfática de alta pressão pode ser definida como uma técnica de massagem manual feita em todo o corpo, com o objetivo de desobstruir e ativar os gânglios linfáticos. Com isso, purifica o sangue e a pele, desintoxicando o organismo por meio das fezes, do suor e da urina. Essa prática traz benefícios estéticos, como a eliminação de líquido, gordura localizada e celulite, modelando todo o corpo.

A técnica é associada a um ultrassom, que faz uma micromassagem no interior da célula, rompendo gordura e quebrando nódulos de celulite; e infravermelho longo, que emite ondas de ressonância e faz vibrar e acelerar a velocidade do fluxo sanguíneo, rompendo os agrupamentos de toxinas e celulite, facilitando a desintoxicação. Feita duas vezes por semana, você pode perder de 2 a 10 centímetros por mês e até 50% da celulite. Em alguns casos, a redução é de até 30 centímetros ao final do tratamento.

Drenagem linfática de alta pressão elimina celulite?

Sim, desde que o problema esteja no início. Mas com certeza a drenagem previne maiores formações. Qualquer que seja a causa da celulite como por exemplo: má alimentação, sedentarismo, cigarro ou alterações hormonais. O problema começa com um processo de retenção de líquido que levará à má oxigenação do tecido, endurecendo até formar nódulos. A drenagem eliminará o líquido excessivo e quebrará o ciclo vicioso da celulite.

Drenagem linfática também ajuda a reduzir os efeitos da menstruação

Os sintomas da TPM são: irritabilidade, alterações de humor, insônia, vontade excessiva de comer doce, ansiedade, comportamento depressivo, impulsividade, confusão mental, fadiga, inchaços pelo corpo, dor lombar, aumento de peso temporário e enxaqueca. Tudo isso acontece pelo desequilíbrio entre estrógeno e progesterona, alterações na atividade de endorfina e serotonina, mais o excesso de prolactina e deficiência das vitaminas B6 e vitamina E. Sendo assim, a drenagem linfática atua numa melhor resposta do sistema circulatório, melhorando a atuação do organismo para inibição dos sintomas da TPM, além de eliminar as toxinas que causam irritação e melhorar a retenção hídrica que causa o inchaço.

Drenagem linfática de alta pressão e emagrecimento

A drenagem diminui a retenção de líquidos em áreas do corpo que estão propensas ao acúmulo de gordura, como abdome e coxas. Também acelera o metabolismo, favorecendo a queima dos estoques de gordura.

A massagem funciona sozinha?

Se o intuito da drenagem for terapêutico, ou seja, alguma doença, alteração do corpo ou cirurgia onde o médico tenha indicado drenagem, a resposta é sim, a drenagem age por si só. No entanto, se o intuito é modelar o corpo, é necessário ir além da drenagem e adotar uma mudança de hábitos alimentares.

Algumas atividades físicas também podem ser associadas à massagem. Para saber o que é mais adequado para você, é preciso fazer uma avaliação com um profissional especializado em drenagem. Cabe ao especialista orientar qual alimentação ou atividades físicas são mais adequadas, assim como se existe alguma alteração no seu organismo que pode estar prejudicando a perda de peso. Junto com a drenagem linfática pode-se ainda associar o uso de aparelhos e cosméticos que auxiliam na redução de medidas.

« Voltar